Do RGI ao e-Notariado, “Encontros Fluminenses” prometem reunir notários e registradores de todas as regiões do estado para falar das atribuições dos cartórios de A a Z

Evento produzido pela Anoreg/RJ com o apoio da Enoreg irá tratar dos mais diversos assuntos e “passear” por todos os tipos de cartório e seus serviços

A área extrajudicial é uma seara que não para de crescer. Desde o advento da pandemia, o pontapé inicial foi a normatização da prática dos atos eletrônicos notariais através da plataforma do e-Notariado lançada em 2020. Outra grande realização que impacta a vida, neste caso, não só dos notários, mas de registradores e de todas as atribuições é a publicação do Novo Código de Normas pela Corregedoria Geral de Justiça do Rio de Janeiro. Sua formulação também precisou incluir os novos recursos tecnológicos existentes, apresentando as novas possibilidades de se trabalhar pela via extrajudicial.

Até que todas essas novidades sejam devidamente compreendidas e aplicadas nas serventias entre os profissionais da atividade extrajudicial, muitos debates e encontros surgem a fim de trocar experiências e esclarecer dúvidas, quase sempre uns ajudando aos outros. O evento “Encontros Fluminenses” produzido pela Anoreg/RJ – Associação de Notários e Registradores do Rio de Janeiro e tendo o apoio da Enoreg – Escola de Notários e Registradores – previsto para acontecer no próximo mês em Angra dos Reis é um exemplo de que notários e registradores, unidos, são mais fortes. É durante evento como esse que tabeliães e oficiais têm a oportunidade de se encontrar e debater sobre a atividade e suas peculiaridades.

A Anoreg/RJ ouviu o presidente da associação e a diretora da Enoreg, além dos representantes das classes de Registro de Imóveis, Registro Civil, Tabelionatos de Notas entre outros que estarão ministrando as palestras durante o evento, para que possam expor suas especialidades, além de falar da expectativa para este encontro que tem como objetivo atrair profissionais de serventias do interior do estado para que possam evoluir na prestação dos serviços ao público e também reforçar a presença da entidade de norte a sul do Rio de Janeiro como meta pré-estabelecida durante a campanha de presidência para a atual gestão de Stênio Cavalcanti Filho como presidente da associação.

“O evento Encontros Fluminenses é a concretização do compromisso assumido ainda na campanha, que elegeu a chapa Anoreg para Todos, de promover uma gestão que aproxime a Anoreg/RJ dos associados de todo o estado, especialmente aqueles que se encontram no interior. Será uma ótima oportunidade de nos reunirmos para trocar ideias e experiências, mas também para conhecer a realidade dos cartórios menores e celebrar a confiança depositada na atual Diretoria e no presidente da associação”, afirma o presidente da Anoreg/RJ.

Tendo início na cidade de Angra dos Reis, a ideia é que o evento ocorra em uma cidade de cada região e reúna o máximo de notários e registradores de municípios vizinhos, no intuito de que todas as serventias do estado possam participar das exposições e dos debates sobre os mais atuais temas que envolvem o cotidiano da atividade extrajudicial.

“Compartilhar conhecimento é uma das melhores estruturas para o crescimento profissional, com reflexo para quem presta o serviço e para quem dele se utiliza. Retomar os encontros regionais potencializará está troca, permitindo a interação pessoal dos colegas”, comenta Maria Emília Ururahy, tabeliã e diretora da Enoreg.

 

Registradora civil em Angra dos Reis, Raquel Vieira Abrão Rezende conhece bem a realidade do interior e se mostra animada para este encontro entre notários e registradores.

“Será uma alegria receber a primeira edição do evento “Encontros Fluminenses” de Notários e Registradores em nossa cidade. Agradeço a Anoreg/RJ e a Enoreg pela escolha de nossa região para inaugurar este evento que em muito engrandece nossa atividade. Aguardamos os colegas e colaboradores do estado para dias de troca de conhecimento, atualização, debates e, especialmente, para nos reencontrar e reforçar os laços de união de nossa classe. Angra do Reis é um paraíso e espera todos os notários, registradores e colaboradores, de braços abertos, para o primeiro “Encontros Fluminenses” de 2023”, comenta Raquel que irá ministrar um painel sobre os novos atos eletrônicos no Registro Civil.

Com presença confirmada no painel que irá abordar o e-Notariado, Thaís Viegas, tabeliã do 4º Ofício de Justiça de Campos dos Goytacazes, é uma notária que se faz presente no que diz respeito ao uso da plataforma. Ela explica que muitos colegas a procuram para tirar dúvidas e saber como podem ingressar suas serventias na plataforma. Antes de qualquer coisa “é preciso se habilitar junto ao Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal, na plataforma do e-Notariado e investir em um notebook com câmera e uma leitora biométrica. Eu acho que é vontade mesmo, acho que os colegas precisam se animar, passar a utilizar e divulgar esse serviço. Eu atendo uma cliente que lida com cidadania, que lida com clientes em todo o mundo, e lembro que ela recebeu um traslado de uma procuração eletrônica na Itália e eu lembro que ela ficou muito impactada com a facilidade. E nós temos isso aqui no Brasil, na Itália não tem, quer dizer, estamos à frente de muitos países. A gente precisa entender que essa ideia de que cartório é ultrapassado, não existe mais”, afirma a tabeliã.

No que diz respeito ao Registro de Imóveis, a referência no estado do Rio de Janeiro é Sérgio Ávila, oficial registrador no 12º Registro de Imóveis do Estado e presidente da ARIRJ – Associação de Registro de Imóveis do Rio de Janeiro. Também cotado para o evento “Encontros Fluminenses”, Sérgio destaca sua expectativa em expor sua experiência na área aos colegas do interior do estado.

O evento está previsto para ter início no mês de junho. Todas as informações serão amplamente divulgadas para os associados da Anoreg/RJ, pelo site, pelos boletins eletrônicos enviados pela associação semanalmente e também pelas redes sociais da entidade.

Fonte: Assessoria de comunicação – Anoreg/RJ

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

divorcio4-e1653937656139

Artigo – Divórcio unilateral: ninguém é obrigado a permanecer casado contra seu desejo

INCRA destaque(9)

CCIR 2024: prazo para emissão do Certificado se encerra hoje

documento-cartorio-certidao-1583859899333_v2_4x3

Magistrados do Rio participarão de seminário sobre usucapião e adjudicação compulsória extrajudiciais

Rolar para cima
Pular para o conteúdo