Parcela Express recebe nova certificação de proteção de dados

Certificação atesta que a empresa de soluções de pagamentos para cartórios atende os requisitos legais da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD).

A Parcela Express recebeu o Selo de Certificação de Proteção de Dados. A certificação atesta que a empresa de soluções de pagamento exclusiva para o segmento notarial e registral atende aos requisitos legais mínimos da Lei 13.709/18, a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD).

Para obter o selo, a Parcela Express contou com o apoio da Privacidade Garantida, empresa de consultoria em compliance em LGPD. No processo de avaliação da conformidade, foi realizada uma auditoria interna onde foi analisado o atendimento aos aspectos regulatórios da legislação, requisitos jurídicos e boas práticas de governança nos processos, segurança e tecnologia da informação.

“Somos a maior empresa de tecnologia financeira para cartórios do Brasil. Atendemos mais de 2.000 serventias que lidam diariamente com grande volume de dados sensíveis que precisam ser preservados. Por isso, a nossa missão é garantir que tenham sempre a segurança resguardada em suas operações financeiras”, explica o CEO e fundador da Parcela Express, Otávio Neiva

Além do Selo de Proteção de Dados, a Parcela Express também possui a certificação internacional em PCI DSS, sigla em inglês para Padrão de Segurança de Dados para a Indústria de Cartões de Pagamento, o selo Data Protection Officer (DPO) e o Fintech Segura, concebido para participantes do programa de boas práticas de segurança da informação e privacidade realizado pela Associação Brasileira de Fintechs (ABFINTECH).

Empresa garante adequação à LGPD em meios de pagamento utilizados em cartórios

Presente em 24 estados brasileiros e no Distrito Federal, a Parcela Express tem ganhado destaque entre os cartórios brasileiros por ser uma opção com diversos benefícios para a adequação às legislações mais recentes do segmento, como a LGPD e a lei do cartório digital (14.382/22), que estabelece que as serventias disponibilizem meios de pagamentos eletrônicos.

As serventias extrajudiciais que utilizam os serviços da empresa têm a garantia que suas transações estão sendo realizadas em ambiente seguro e com dados criptografados. Também contam com diversas modalidades de pagamentos físicos e digitais, como cartão de débito, cartão de crédito à vista ou parcelado em até 12 vezes, boleto bancário híbrido e com QR Code, Pix com QR Code e link de pagamento para atendimento à distância.

Um dos diferenciais da instituição é que o valor transacionado é depositado integralmente em um dia útil, independente da forma de pagamento escolhida pelo cliente. As transações podem ser acompanhadas em tempo real em uma plataforma online, que ainda permite a emissão de relatórios detalhados.

Outro destaque é que a empresa disponibiliza APIs personalizadas para integração que podem ser integradas aos sistemas de gestão utilizados pelos cartórios, centrais eletrônicas, entidades de classe ou para sites. Assim, as operações financeiras e administrativas são centralizadas em uma única plataforma facilitando a gestão da serventia.

Para credenciar-se à Parcela Express, os cartórios podem entrar em contato pelo telefone (31) 3264-0337, pelo WhatsApp (31) 99950-3615 (https://wa.link/cj0uie) ou e-mail comercialcartorio@parcelaexpress.com.br. Após o credenciamento, a serventia receberá maquininha e um treinamento completo para utilização do sistema. Para mais informações, acesse www.parcelaexpress.com.br. Faça já o seu credenciamento!

Sobre a Parcela Express

Empresa de tecnologia financeira exclusiva para cartórios. Possui convênios e parcerias com diversas entidades e associações do segmento extrajudicial, além de ser o meio de pagamento oficial das principais centrais eletrônicas do setor. Entre elas, estão o e-Not Assina, Cenprot Nacional, Cenprot São Paulo, Anoreg/MA e Cartórios Maranhão.

Fonte: Assessoria de Comunicação Parcela Express

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fachada do edifício sede do  Superior Tribunal de Justiça (STJ)

STJ elege Herman Benjamin e Luis Felipe Salomão para presidente e vice; Mauro Campbell é indicado para corregedor nacional

nuevocodigocivil1

Reforma do Código Civil exclui cônjuges da lista de herdeiros necessários

20220128085911668469i

TJDFT entrega certificado de credenciamento à Escola Nacional de Notários e Registradores

Rolar para cima
Pular para o conteúdo